Sobre mim

Advogado Especialista WhatsApp 11 980407282
Ação Plano de Saúde Liminar para tratamentos, Autismo , Denver , Medicação Alto custo, Liminar Tratamentos Negados e recebimento reembolso integral Planos de Saúde. Não limitação de sessões, tratamento foro rol ANS, whatsApp (zap) 11-980407282, Danos Morais, Dano Moral, Dano material plano de saúde , autismo , autista - Aposentadoria Hernia de Disco -Quebra Justa Causa Acidente de Trabalho - tendinite , dor no braço, fiquei doente na firma , Quebra justa causa Advogado Whatsapp 11980407282, Rescisão indireta justa causa empregado para o empregador , Amputação; Auxilio Acidente indenização por acidente de trabalho e doença profissional contra a empresa e o INSS ,Plano de Demissão Incentivada, Eletricitários, insalubridade e periculosidade. Plano de Saúde. Erro Médico; DPVAT

Verificações

Sergio Angelotto Jr Adv Especialista Whatsapp 11980407282, Advogado
Sergio Angelotto Jr Adv Especialista Whatsapp 11980407282
OAB 205.542/SP VERIFICADO
O Jusbrasil confirmou que esta OAB é autêntica
PRO
Desde Janeiro de 2020

Principais áreas de atuação

Direito do Consumidor, 33%

Ação Plano de Saúde Liminar para tratamentos, Autismo , Denver , Medicação Alto custo, Liminar ...

Direito do Trabalho, 33%

Direito do trabalhador, assedio , danos morais trabalhador, horas extras, contrato de experiência...

Direito Previdenciário, 33%

Amputação de Membro , Auxilio Acidente. Auxilio Doença. Aposentadoria Especial, Aposentadoria , D...

Primeira Impressão

(1.383)
(1.383)

1383 avaliações ao primeiro contato

Mais avaliações

Comentários

(220)
RECURSO ESPECIAL Nº 1.345.331 - RS (2012/0199276-4)

EMENTA
PROCESSO CIVIL. RECURSO ESPECIAL REPRESENTATIVO DE
CONTROVÉRSIA. ART. 543-C DO
CPC. CONDOMÍNIO. DESPESAS
COMUNS. AÇÃO DE COBRANÇA. COMPROMISSO DE COMPRA E
VENDA NÃO LEVADO A REGISTRO. LEGITIMIDADE PASSIVA.
PROMITENTE VENDEDOR OU PROMISSÁRIO COMPRADOR.
PECULIARIDADES DO CASO CONCRETO. IMISSÃO NA POSSE.
CIÊNCIA INEQUÍVOCA.
1. Para efeitos do art. 543-C do CPC, firmam-se as seguintes teses:
a) O que define a responsabilidade pelo pagamento das obrigações
condominiais não é o registro do compromisso de compra e venda, mas a
relação jurídica material com o imóvel, representada pela imissão na
posse pelo promissário comprador e pela ciência inequívoca do
condomínio acerca da transação.
b) Havendo compromisso de compra e venda não levado a registro, a
responsabilidade pelas despesas de condomínio pode recair tanto sobre o
promitente vendedor quanto sobre o promissário comprador, dependendo
das circunstâncias de cada caso concreto.
c) Se ficar comprovado: (i) que o promissário comprador se imitira na
posse; e (ii) o condomínio teve ciência inequívoca da transação, afasta-se
a legitimidade passiva do promitente vendedor para responder por
despesas condominiais relativas a período em que a posse foi exercida
pelo promissário comprador.
2. No caso concreto, recurso especial não provido.
ACÓRDÃO
Vistos, relatados e discutidos estes autos, os Ministros da SEGUNDA SEÇÃO
do Superior Tribunal de Justiça acordam, na conformidade dos votos e das notas
taquigráficas a seguir, por unanimidade, negar provimento ao recurso especial, nos termos
do voto do Sr. Ministro Relator.
Para efeitos do artigo 543-C, do Código de Processo Civil, foram fixadas as
seguintes teses:"a) O que define a responsabilidade pelo pagamento das obrigações
condominiais não é o registro do compromisso de venda e compra, mas a relação jurídica
material com o imóvel, representada pela imissão na posse pelo promissário comprador e
pela ciência inequívoca do Condomínio acerca da transação; b) Havendo compromisso de
compra e venda não levado a registro, a responsabilidade pelas despesas de condomínio
pode recair tanto sobre o promitente vendedor quanto sobre o promissário comprador,
dependendo das circunstâncias de cada caso concreto; c) Se restar comprovado: (i) que o
promissário-comprador imitira-se na posse; e (ii) o Condomínio teve ciência inequívoca da
transação, afasta-se a legitimidade passiva do promitente vendedor para responder por
despesas condominiais relativas a período em que a posse foi exercida pelo promissário
comprador. Os Srs. Ministros Paulo de Tarso Sanseverino, Maria Isabel Gallotti, Antonio
Carlos Ferreira, Ricardo Villas Bôas Cueva, Marco Buzzi, Marco Aurélio Bellizze, Moura
Ribeiro e João Otávio de Noronha votaram com o Sr. Ministro Relator.
Presidiu o julgamento o Sr. Ministro Raul Araújo.
Brasília (DF), 08 de abril de 2015 (Data do Julgamento)
MINISTRO LUIS FELIPE SALOMÃO
Lei 13.146 de 06/07/2015 – Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13146.htm
As pessoas com autismo têm direito ao
atendimento terapêutico adequado?
O direito à saúde está previsto no art.
196 da Constituição Federal, sendo
direito de todos e dever do Estado.
As pessoas com autismo contam também com a proteção especial da Lei
Federal 7.853/89, que garante o tratamento adequado em estabelecimentos
de saúde públicos e privados específicos para a patologia que possuem.

Perfis que segue

(9.956)
Carregando

Seguidores

(1.199)
Carregando

Tópicos de interesse

(2.242)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres
Fale agora com Sergio Angelotto Jr
(11) 98040-...
Ver telefone
(11) 98040-...
Ver telefone
(11) 98040-...
Ver telefone
Rua 24 de maio 35 Sala 1902 - São Paulo (SP) - 01041002

Sergio Angelotto Jr Adv Especialista Whatsapp 11980407282

Rua 24 de maio 35 Sala 1902 - São Paulo (SP) - 01041-002

rua 24 de maio 35 sala 1902 - São Paulo (Estado) - 01041-001

rua 24 de maio 35 sala 1902 - São Paulo (Estado) - 01041-001

Entrar em contato